Minha História com AEB – Carlos Henrique

Minha História com AEB – Carlos Henrique
1 de novembro de 2013 Zwei Arts

Leia na entrevista de Carlos Henrique 25 anos, contratado da equipe de Futsal de Bento Gonçalves do Rio Grande do sul e artilheiro do time, como a AEB o apoiou como atleta e cidadão através da prática esportiva.

Como foi seu início no esporte?
Com nove anos eu comecei; minha mãe precisava que eu fizesse alguma atividade enquanto ela trabalhava fora e aí que eu conheci a AEB. Lá eu tive contato com várias modalidades esportivas, mas logo eu percebi que tinha uma afinidade com o futsal.

Qual a importância do esporte para sua vida profissional e pessoal?
No pessoal, acho que aprendi a conviver com as pessoas diferentes e respeitar. Convivo hoje com gaúchos, paranaenses, paraibanos, pessoas que trazem culturas de outros lugares do Brasil. Já tive o prazer de jogar com jogadores de seleção brasileira, pessoas que não imaginava que ia ver de perto. Hoje eu consigo enfrentar esses times.

Como a AEB apoiou o seu processo como atleta?  E como cidadão?
Foi lá que eu aprendi tudo, tive suporte para depois ir pra outros lugares; isso falando dentro de quadra, fora de quadra nós éramos praticamente uma família. Eu também aprendi a respeitar o próximo, reconhecer a superioridade do adversário, acho que tudo isso ajudou a me formar como homem.

Qual a importância de projetos como a AEB Sul para os novos atletas?
É uma oportunidade que outras crianças terão, assim como eu tive. Na época que estava lá, virou uma referência, teve gente que se destacou no Futsal, na natação, em vários esportes. Sei que daquela turma pouca gente seguiu no esporte profissionalmente, mas todos levaram coisas importantes pra sua vida.